Tulipa ERP

3 práticas ideais para transformar sua fábrica em uma indústria 4.0

Investir em tecnologia já deixou há muito tempo de ser uma opção para se tornar uma obrigação para quem quer sobreviver e se destacar no mercado. Você pode não sentir a diferença no momento, mas, enquanto está parado, seu concorrente está se preparando para o futuro. E ele tem nome: é a indústria 4.0.

JUNTE-SE AO TIME DE PESSOAS DE SUCESSO

Entre para nossa lista exclusiva e receba com prioridade conteúdos novos toda semana

Investir em tecnologia já deixou há muito tempo de ser uma opção para se tornar uma obrigação para quem quer sobreviver e se destacar no mercado. Você pode não sentir a diferença no momento, mas, enquanto está parado, seu concorrente está se preparando para o futuro. E ele tem nome: é a indústria 4.0.

Esse termo designa o uso do que existe de mais moderno em prol da produção de bens de consumo: big data, internet das coisas, inteligência artificial etc. É a chamada quarta revolução industrial.

Neste artigo vou explicar um pouco melhor esse conceito e mostrar algumas ideias práticas para transformar a sua fábrica em uma indústria 4.0. Confira!

O que é a indústria 4.0?

O conceito de indústria 4.0 engloba automação e tecnologia da informação, aplicadas à manufatura. Ele representa um salto tecnológico que permite aos robôs desempenharem funções cada vez mais complexas.

Isso não se limita a funções operacionais, mas também possibilita que as máquinas analisem dados em uma quantidade e em uma velocidade que os humanos jamais conseguiriam atingir.

É esse o principal benefício que a quarta revolução industrial traz: ela torna a sua fábrica mais eficiente, mais rápida e mais precisa.

Como implementar a indústria 4.0?

Se esse conceito parece muito abstrato para você, veja 3 dicas práticas de como transformar sua fábrica em uma indústria 4.0.

1. Escolha um ponto de partida

As possibilidades da indústria 4.0 são extremamente vastas, mas você não precisa adotar tudo e muito menos tudo ao mesmo tempo. O primeiro passo é o mesmo em qualquer mudança que queiramos implementar: fazer um diagnóstico.

Identifique os problemas ou gargalos mais urgentes, ou seja, aqueles que, se resolvidos, trarão mais lucro para a sua empresa, como redução de desperdício, aumento das vendas, melhora da qualidade.

Comece investindo em ferramentas 4.0 por esse ponto. Pense primeiro onde você quer chegar e, a partir daí, escolha as estratégias e tecnologias.

2. Invista em conectividade

A conectividade é um dos pontos fundamentais da indústria 4.0. É ela que permite ter uma visão geral da empresa e abre espaço para tomar decisões em tempo real.

Na medida do possível, integre máquinas, programas e ferramentas com outros setores da empresa, como estoque, gestão, vendas e atendimento ao cliente. Isso traz mais eficiência para a empresa e abre espaço para uma melhoria contínua dos processos.

3. Estruture a sua equipe

Se por um lado a tecnologia reduz ou elimina determinadas tarefas que eram executadas manualmente, por outro lado ela requer um profissional capacitado para compreender os dados que são obtidos e seja capaz de tomar decisões baseadas nele.

Logo, dá para ver que você precisará de uma mão de obra mais especializada. Para isso, existem sempre dois caminhos: você pode buscar esse profissional pronto no mercado ou pode treinar a sua própria equipe para se adaptar à nova realidade. Seja qual for a decisão, é preciso promover uma nova cultura interna na empresa.

Agora você já sabe quais são os benefícios que a indústria 4.0 pode trazer para a sua empresa e entende como começar a implementar esse conceito. Não se esqueça de acompanhar os resultados e avaliá-los sempre, de forma que seja possível visualizar o que melhorou e o que ainda precisa ser aprimorado.

Quer aprofundar mais seus conhecimentos? Então aproveite para continuar a leitura e veja como é possível automatizar processos nas organizações.

Hey,

deixe nos comentários o que você achou deste conteúdo. ;)