Tulipa ERP

Descubra 4 estratégias para garantir segurança na nuvem

A computação na nuvem gera muitos benefícios para as empresas, entre eles a redução dos custos com infraestrutura de TI, a escalabilidade e a facilidade de acesso em qualquer lugar. No entanto, muitos empresários ainda resistem a adotar essa solução por receio à segurança na nuvem.

JUNTE-SE AO TIME DE PESSOAS DE SUCESSO

Entre para nossa lista exclusiva e receba com prioridade conteúdos novos toda semana

A computação na nuvem gera muitos benefícios para as empresas, entre eles a redução dos custos com infraestrutura de TI, a escalabilidade e a facilidade de acesso em qualquer lugar. No entanto, muitos empresários ainda resistem a adotar essa solução por receio à segurança na nuvem.

A verdade, no entanto, é que o cloud computing pode ser muito mais seguro do que as empresas imaginam. É claro que é preciso adotar algumas medidas, mas isso é verdade para qualquer solução que seja implementada, não é mesmo?

Neste post, vou mostrar 4 estratégias para garantir a segurança na nuvem, permitindo que você desfrute de todos os benefícios que ela tem a oferecer com toda a tranquilidade.

1. Escolha um bom provedor

Qualidade sempre é uma característica importante, mas, quando estamos falando de segurança, ela se torna imprescindível. Existe uma ampla oferta de provedores de computação na nuvem. Por isso, é preciso pesquisar, conhecer como cada um deles funciona e averiguar sua reputação no mercado.

Busque informações gerais sobre o provedor, converse com quem usa ou já usou o serviço e, para quem deixou de usar, busque saber os motivos para não utilizar mais aquele provedor.

É importante ler com atenção as políticas de segurança de cada um e como vão garantir que os dados e informações da sua empresa fiquem armazenados de forma segura. Verifique como é a criptografia e quais são as possibilidades de controle de acesso. Por fim, compare as informações com as necessidades da sua empresa e avalie se elas são atendidas.

2. Controle o acesso à informação

É importante destacar que, para que a computação em nuvem garanta a segurança esperada, a empresa também precisa fazer a sua parte. Primeiro, deve-se segregar os dados e ferramentas e, em seguida, criar um login para cada um dos usuários. Oriente a equipe a criar senhas complexas, dificultando a ação dos hackers.

Os níveis de acesso podem ser personalizados, assim cada colaborador só visualiza as informações de que precisa para trabalhar, deixando dados estratégicos apenas nas mãos dos executivos mais graduados.

3. Adote uma política de segurança da informação

Existe um ditado que diz que um colaborador não faz uma empresa, mas pode destruí-la. A tecnologia e as ferramentas ajudam a controlar a segurança da informação, mas a verdade é que ela depende mesmo é da atitude dos usuários.

Por isso, é muito importante criar uma política de segurança da informação na empresa, difundi-la e fazer com que ela se torne parte da cultura organizacional. Seja claro a respeito de quais são as melhores práticas e dê exemplos concretos do que pode acontecer caso elas não sejam seguidas.

Treine e capacite seus colaboradores para usar as ferramentas e, principalmente, para serem capazes de identificar riscos em potencial, de forma que a cultura de prevenção ao risco passe a fazer parte da rotina.

4. Use as versões atualizadas dos sistemas

As atualizações de sistema existem para acompanhar a evolução da tecnologia e isso engloba melhorias constantes nos mecanismos de segurança. Afinal, é preciso lembrar que os hackers avançam junto com a tecnologia, então é preciso estar sempre um passo à frente.

Por isso, use as versões mais atualizadas de sistemas, aplicativos e ferramentas que estejam relacionados à computação na nuvem, pois isso vai garantir que você tenha o que existe de mais moderno em termos de segurança e proteção das informações.

Viu só como é fácil obter o máximo de segurança na nuvem? É preciso ter as ferramentas certas, atualizadas e manter todos os usuários alinhados com as melhores práticas que existem sobre o assunto.

Quer saber como encontrar um sistema de segurança confiável? Entre em contato conosco agora mesmo!

Hey,

deixe nos comentários o que você achou deste conteúdo. ;)