Tulipa ERP

Fique por dentro dos impactos da Indústria 4.0 para os negócios

O avanço tecnológico vem mudando a indústria. Até aí, sem novidades, certo? No entanto, comecei este post com essa afirmação de propósito, porque, se tem um setor no qual a tecnologia se destaca, é a indústria. Não é à toa que se fala tanto em Indústria 4.0, um conceito que trata justamente dos impactos da inovação tecnológica nesse segmento.

JUNTE-SE AO TIME DE PESSOAS DE SUCESSO

Entre para nossa lista exclusiva e receba com prioridade conteúdos novos toda semana

O avanço tecnológico vem mudando a indústria. Até aí, sem novidades, certo? No entanto, comecei este post com essa afirmação de propósito, porque, se tem um setor no qual a tecnologia se destaca, é a indústria. Não é à toa que se fala tanto em Indústria 4.0, um conceito que trata justamente dos impactos da inovação tecnológica nesse segmento.

Mas você sabe o que significa e quais são os impactos da Indústria 4.0? Neste artigo, vamos explicar esse conceito, quais são seus pilares e como ela está impactando o setor industrial. Acompanhe comigo!

O que é a Indústria 4.0?

Fica mais fácil explicar o que é a Indústria 4.0 se a chamarmos pelo seu outro nome: Quarta Revolução Industrial. Imediatamente, salta aos olhos o termo “revolução”. Ele representa uma enorme transformação, algo que mudou radicalmente a situação anterior. Para entender, vale retomar seu histórico. A primeira revolução industrial ocorreu no século XVIII, com a substituição da força de trabalho dos animais por máquinas a vapor e ferrovias.

Depois, entre os séculos XIX e XX, veio a Segunda Revolução Industrial, com a chegada da energia elétrica e o ganho de produtividade promovido pela linha de produção inventando por Henry Ford.

A Terceira é mais recente e boa parte de nós a vivenciou com a chegada dos computadores pessoais, internet e os benefícios proporcionados pela informática no mundo corporativo. Por fim, a Quarta Revolução engloba a automação e a tecnologia da informação, assim como as principais inovações tecnológicas nesses campos. Dessa forma, vemos que desde o começo se trata de um uso crescente das máquinas em funções antes exercidas pelo homem (ou por animais, dependendo do caso), proporcionando enormes ganhos de escala.

Quais são os pilares da Indústria 4.0?

Os impactos da Indústria 4.0 são gigantescos, e tudo só foi possível graças ao desenvolvimento de algumas tecnologias específicas. Veja a seguir.

Internet das Coisas (IoT)

A Internet das Coisas é a tecnologia que permite que aparelhos diversos se conectem à internet e, assim, consigam executar tarefas antes impossíveis. Na indústria, podemos pensar em máquinas gerando relatórios em tempo real para o software de gestão na nuvem.

Big Data

O Big Data é o termo que designa a coleta e o armazenamento de uma grande quantidade de dados, o que trouxe uma capacidade de análise inédita, assim como a criação de algoritmos com complexidade crescente.

Inteligência Artificial (IA)

A Inteligência Artificial vem se desdobrando em outros conceitos, como machine learning e deep learning, que evidenciam o desenvolvimento de tecnologias que permitem que as máquinas tomem decisões sem a interferência humana e que aprendam com suas experiências.

Segurança

O avanço tecnológico ocorre para todos os lados. Assim, as soluções de cibersegurança precisam estar sempre um passo à frente para prevenir problemas.

Computação na nuvem

Com a computação na nuvem, todos os dados e sistemas ficam armazenados em servidores compartilhados e podem ser acessados de qualquer lugar que tenha uma conexão com a internet. Na Indústria 4.0, isso abre espaço para extrapolar os limites dos servidores da empresa e se beneficiar de uma conectividade mais ampla.

Quais os impactos da Indústria 4.0 para as empresas?

A Indústria 4.0 requer das empresas uma mudança completa de processos e, também, de organograma. Com esses cuidados, ela é capaz de:

  • promover redução de custos, uma vez que requer menos profissionais com funções operacionais;
  • tornar a produção mais flexível, com respostas mais rápidas ao mercado;
  • fornecer produtos mais personalizados para o consumidor, com qualidade maior e custo menor.

Para se adequar à Indústria 4.0, as empresas certamente terão que fazer investimentos em infraestrutura tecnológica e em treinamentos e capacitação do seu quadro de colaboradores. O desafio de encontrar mão de obra qualificada exige que o país implemente políticas públicas educacionais que formem profissionais com esse perfil e capazes de suprir esse tipo de demanda.

Agora que você já está por dentro dos impactos da Indústria 4.0 sobre o mundo corporativo, aproveite para deixar seu comentário nos contando o que acha do assunto!

Hey,

deixe nos comentários o que você achou deste conteúdo. ;)