Blog TULIPA ERP

4 Dicas Práticas para sua empresa ter um Fluxo de Caixa Eficiente de uma vez por todas

Conheça o Guia Prático e Rápido que irá te ajudar a manter um Fluxo de Caixa Eficiente, fazendo com que sua empresa tenha um total controle da sua Gestão Financeira. 


Para que uma empresa possa ter um crescimento rentável, existem várias estratégias que são utilizadas pelos Empreendedores, como por exemplo: manter o foco no aumento de vendas, ações constantes visando a redução de custos e, claro, uma boa gestão do Fluxo de Caixa.

Assim como a bússola é uma das importantes ferramentas para orientação dos navios em alto mar, o Fluxo de Caixa é uma ferramenta imprescindível para orientação dos Empreendedores, independentemente do segmento de atuação ou tamanho da sua empresa.

Por que utilizar o Fluxo de Caixa?

Vamos direto ao ponto:

Para você parar de perder dinheiro na sua empresa.
(Simples assim)

Com o uso dessa ferramenta tão importante, é possível acompanhar toda a movimentação financeira da sua empresa em um período através do registro das movimentações de entradas e saídas de valores, fazendo com que você possa tomar decisões com informações claras e atualizadas.

Através dessa análise, você poderá conhecer quais são os maiores gastos existentes na sua empresa e poderá avaliar se as receitas são suficientes para pagar todas as despesas, podendo assim agir rapidamente na correção dos desvios encontrados.

Muitos empreendedores acabam pagando um preço muito alto por cometerem os seguintes erros:

  • Inexistência de um fluxo de caixa;
  • Não fazer um acompanhamento mensal do fluxo de caixa;
  • Ter um fluxo de caixa mal feito;
  • Não corrigir a origem dos problemas do fluxo de caixa.

E sabe quais as consequências disso?
(claro que já sabemos!).

  • Dívidas com Bancos;
  • Pagamento de juros;
  • Falta de Capital de Giro;
  • Falta de Capacidade para Investimento;
  • Perda de dinheiro.

 

Como fazer um fluxo de caixa eficiente?

Diferente de um extrato bancário, onde você enxerga a movimentação financeira que foi realizada até a data vigente, o Fluxo de Caixa serve para você conseguir enxergar o futuro financeiro da sua empresa.

O papel do Fluxo de Caixa é mostrar os valores que irão entrar e sair nos próximos dias, semanas ou meses na sua empresa, fazendo com que você consiga prever se terá necessidade de solicitar um empréstimo para que a conta não fique descoberta ou até aplicar um dinheiro que poderá ficar parado na sua conta sem rendimento.

Para fazer um Fluxo de Caixa eficiente, procure seguir algumas instruções:


1) Faça um levantamento para organizar as informações

Para começar, você irá precisar levantar essas informações da sua empresa:

  • Apure o Saldo das Contas Bancárias até a data de início do Fluxo de Caixa;
  • Levante todos os Valores a Pagar (Custos Fixos, Custos Variáveis, Empréstimos, etc.);
  • Levante todos os Valores a Receber (Vendas de Produtos e Serviços, Vendas de Ativos, Aplicações, etc.);
  • Para facilitar, organize esses valores em categorias de Receitas e Despesas.


2) Mantenha os dados sempre atualizados

O ponto mais importante do Fluxo de Caixa é lançar as informações e mantê-las atualizadas. E faça isso com todas as informações financeiras!

O ideal é que você consiga atualizar as informações diariamente, para assim criar o hábito de utilização dessa importante ferramenta, além de não deixar passar nenhum valor sem ser lançado.

E para lançar as informações, você poderá utilizar uma Planilha ou um Software de Gestão Financeira.

Se você optar por utilizar uma Planilha, você poderá baixar agora uma Planilha de Fluxo de Caixa que preparamos.

Agora, se você quiser fazer um controle mais eficiente, você poderá utilizar um Software de Gestão Financeira. Nesse caso recomendamos o TULIPA ERP, um Sistema de Gestão Financeira Online, que permite que você acesse as informações da sua empresa de qualquer lugar.

 Conheça o TULIPA ERP

3) Analise o Fluxo de Caixa Constantemente

Não adianta nada lançar e controlar o fluxo de caixa, se você não fizer análises para tomada de decisões com as informações geradas. O Fluxo de Caixa precisa ser acompanhado regularmente.

Você pode fazer o acompanhamento diário, semanal, quinzenal ou mensal. Na verdade, não existe um padrão para isso.

Mas o certo é que você estabeleça a sua regra e determine a frequência com que você quer analisar de acordo com sua necessidade.

Criar esse hábito e reservar um espaço na sua agenda é o segredo para o sucesso financeiro da sua empresa!


4) Corrija a origem dos problemas

Com a utilização do Fluxo de Caixa, você terá uma visão clara sobre a saúde financeira do seu negócio e, se o resultado for negativo, é hora de agir, e rápido!

Procure analisar quais despesas tem comprometido o seu Fluxo de Caixa e invista tempo e esforço para reduzi-las. Porém, se o problema for com as receitas, verifique suas estratégias de vendas e políticas comerciais para tentar aumentar as vendas ou diminuir os prazos de recebimento, para assim poder equilibrar o seu fluxo de caixa.

A dica é olhar para o fluxo de caixa da empresa e avaliar como está, por exemplo:
Suponha que no mês de maio sua empresa teve uma receita de vendas no valor total de R$ 120.000,00 com o prazo médio de recebimento em 04 parcelas, sem entrada.

Porém, para entregar os produtos vendidos, existem os seguintes custos:

  • R$ 50.000,00 – compra de material
  • R$ 24.000,00 – impostos na venda
  • R$ 26.000,00 – demais custos (mão-de-obra, custos indiretos, etc).

A compra do material será paga em 2 parcelas, com entrada.

Os impostos serão pagos no mês seguinte e os demais custos serão pagos no mês atual.

Dessa forma, o fluxo caixa ficou assim:

Exemplo de Fluxo de Caixa Mensal
E agora temos um sério problema.

Sabe porque?
Está faltando dinheiro para pagar as despesas nos 2 primeiros meses, pois a empresa irá receber em várias parcelas e ainda sem nenhuma entrada de receita para o primeiro mês, justamente o mês que tem o maior valor de pagamento de despesas.

A empresa está com a política de vendas totalmente desalinhada com a realidade financeira.

E o que as empresas fazem normalmente?
Recorrem a empréstimos para cobrir os saldos negativos, pagando um custo alto com juros bancários, porém não fazem nenhuma ação para corrigir a origem do problema.

E assim acontece com a próxima venda, e com a próxima, e com a próxima…

Portanto, tente corrigir a “política comercial” que é a origem do problema, ao invés de contratar empréstimos bancários. Esse é o segredo!


Conclusão

O Fluxo de Caixa é uma ferramenta indispensável para o seu negócio e deve ser acompanhando com bastante frequência, pois é através dele que você poderá prever possíveis problemas financeiros e antecipar a tomada de importantes decisões.

Agora que você já sabe a importância do Fluxo de Caixa, não perca mais tempo (e dinheiro). 

E você, tem feito a gestão do seu fluxo de caixa e tem acompanhando de perto a situação financeira da sua empresa? Deixe um comentário abaixo!

 


Marcadores: 

Deixe um comentário abaixo ;)

  • Ricardo Alvarinho

    Olá pessoal!

    Se você quiser trocar algumas experiências sobre gestão de fluxo de caixa ou até mesmo precisar de alguma ajuda para colocar em prática as dicas acima, fique à vontade para falar comigo!

    É só deixar um comentário aqui, que retornarei o contato, assim que puder.

    Um abraço e bons negócios 😉

  • Luis Vicentini

    Muito bom!
    Muitas pessoas tem dúvidas sobre como utilizar o Fluxo de Caixa para organizar a gestão financeira, e essas com certeza vai ajudar muito elas.

    Parabéns Ricardo

    • Ricardo Alvarinho

      Com certeza Luis!
      São dicas importantes para a Gestão Financeira da empresa.
      Bom trabalho 😉

  • Clebison Pedronesi

    Parabéns pelo material. É um assunto que ao olhar de fora nos parece bem simples, mas além de ser complexo e extenso é de extrema importância para a saúde da empresa. Irá conscientizar bastante gente sobre a importância do assunto.

    • Ricardo Alvarinho

      Legal Clebison!
      Realmente é o Fluxo de Caixa é um assunto muito importante nas empresas.
      Continue nos acompanhando, que toda semana tem novidades por aqui no Blog.
      Bom trabalho 😉

  • Haelmo Coelho de Almeida

    Organizar a empresa para ter um fluxo de caixa confiável é indispensável no mundo atual. Boa matéria, Ricardo.

    • Ricardo Alvarinho

      Perfeito Haelmo!
      Esse assunto é muito importante para o sucesso das empresas.
      Bom trabalho 😉

  • Pingback: Crise Econômica | Saiba como sua empresa pode superar esse momento()